quarta-feira, 6 de maio de 2020

Boqueirão segue recebendo água e espera preencher 30% para sangrar



Chegou a 70% o volume de água do açude Epitácio Pessoa, localizado na cidade de Boqueirão, Cariri do estado. O registro foi feito nesta quarta-feira (6) e equivale a 327,22 milhões de metros cúbicos de água (m³). O reservatório é responsável pelo abastecimento de Campina Grande e outras 18 cidades próximas.

A expectativa é de que o açude de Boqueirão chegue à capacidade total ainda em 2020, depois de nove anos, devido às chuvas. Segundo a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), Marle Bandeira, as chuvas estão dentro do período esperado, de fevereiro a maio.

“O importante é acompanhar a previsão do tempo, essa previsão vai indicar onde ocorrem as chuvas. Caindo na bacia de contribuidores o açude, terá mais recarga de águas”, disse a meteorologista.

Rio São Francisco
Em 2017, o açude de Boqueirão atingiu 2% da capacidade total, situação que fez Campina Grande e outras 18 cidades entrarem em uma crise hídrica histórica e adotarem medidas rigorosas de racionamento. Com esse cenário, o açude começou a receber as águas da transposição do Rio São Francisco, mas essa obra vem apresentando problemas e não está colaborando com a recarga de Boqueirão.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), recetemente, foi realizada a contratação de um novo grupo que executará serviços de gerenciamento técnico e administrativo para implantação e operação do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF).

O novo contrato foi necessário para substituir o contrato anterior de prestação dos serviços, que está se encerrando. Previsto em até R$ 26 milhões, ele será responsável por dar continuidade à interface entre os demais contratados, tanto para a execução das obras e serviços quanto para fornecimentos necessários à conclusão dos trabalhos nos Eixos Norte e Leste. Além de prestar suporte técnico na análise de soluções para o Projeto.

A reportagem tentou entrar em contato com o presidente da Aesa, Porfírio Loureiro, para buscar mais detalhes sobre a situação do açude e da transposição, mas ele não atendeu os telefonemas.

Outros açudes
De acordo com o monitoramento da Aesa, 28 açudes na Paraíba estão sangrando. Dentre eles, reservatórios localizados no municípios de Piancó, Serra Grande, Camalaú, Itaporanga, Picuí, Patos, Igaracy e Aguiar.

Outros 74 reservatórios estão em normalidade, 21 estão em observação e 11 se encontram em situação crítica de abastecimento.

Portal Correio


Relacionadas

Boqueirão segue recebendo água e espera preencher 30% para sangrar
4/ 5
Oleh

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial