quinta-feira, 21 de novembro de 2019

PM confunde plantação medicinal com laboratório ilegal de maconha



Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar a executar, equivocadamente, uma operação contra a Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace Esperança), nesta quinta-feira (21), em João Pessoa. A associação é responsável pela fabricação de medicamentos à base de canabidiol.

De acordo com a assessoria de imprensa da Abrace Esperança, a plantação medicinal no bairro dos Ipês foi confundida com um laboratório ilegal de maconha. A Polícia Militar chegou até mesmo a acionar um helicóptero da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social para a operação.

Ainda conforme a Abrace Esperança, houve tentativa de detenção de um funcionário, mas ele apresentou a documentação que comprova a autorização judicial para plantio, manuseio, produção de medicamentos e fornecimento pela associação. Demonstrado o engano, o funcionário foi liberado e a equipe policial deixou o local.

Portal Correio tentou contato com o capitão Sena, que esteve à frente da operação, mas as ligações não foram atendidas.
Portal Correio


Relacionadas

PM confunde plantação medicinal com laboratório ilegal de maconha
4/ 5
Oleh

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial