quinta-feira, 31 de outubro de 2019

WhatsApp vai liberar opção para impedir que usuário seja colocado em grupo sem ter autorizado



Um dos recursos mais populares do WhatsApp — e também um dos mais controversos — recebeu um incremento no gerenciamento de privacidade. Até então não era possível impedir que administradores de grupos adicionassem livremente outros usuários aos grupos.

Para evitar ser incomodado com adições indesejadas, o aplicativo agora disponibiliza um filtro em que o usuário pode configurar quem poderá adicioná-lo aos grupos. São três opções:

Todos: Essa opção equivale ao modelo atual, que permite que qualquer administrador de grupo inclua novos membros no grupo sem que eles tenham solicitado o convite;

Meus contatos: Essa opção requer que o administrador esteja na lista de contatos de quem será adicionado ao grupo;

Meus contatos, exceto: Essa opção limita as opções aos contatos e ainda permite a criação de uma lista de pessoas impedidos de adicionar membros sem o consentimento do contato;

Por enquanto, o novo recurso de privacidade em grupos está disponível apenas na versão beta. Para ativar, é preciso seguir os seguintes passos:

1. Acesse as configurações do WhatsApp;
2. Toque na opção "Conta";
3. Clique na opção "Privacidade";
4. Toque na opção "Grupos";
5. Selecione a opção de privacidade em grupos conforme a sua vontade;
Veja o passo a passo de como limitar quem pode te adicionar em grupos. — Foto: Reprodução

Na lista de contatos impedidos, é preciso incluir um a um. Nesse caso, os contatos selecionados não são impedidos de enviar mensagens individuais, essa restrição só impede a adição em grupos.


Os leitores que não participam do programa de testadores, em breve, também receberão uma atualização contendo essa opção.

G1

Lutador de jiu-jitsu é suspeito de desfigurar e matar homem na Paraíba



Um lutador de jiu-jitsu de 32 anos é suspeito de ter matado por espancamento o pedreiro Francisco Ferreira da Silva, de 43 anos, na noite dessa quarta-feira (30), em Catolé do Rocha. O crime aconteceu no Sítio Rancho do Povo, Zona Rural do município, por volta das 20h30.

De acordo com a Polícia Civil, Francisco e o suspeito pertencem a famílias rivais. O lutador de jiu-jitsu mora em Fortaleza, Ceará, e estava em Catolé do Rocha para visitar familiares. Com histórico de brigas, eles tiveram uma nova discussão – cuja motivação ainda é desconhecida pela polícia – e partiram para agressão.

Por ser lutador profissional, o suspeito levou vantagem na briga. Conforme testemunhas informaram à polícia, ele usou o golpe conhecido como ‘gravata’ ou ‘mata-leão’ e espancou a vítima com socos. O rosto de Francisco Ferreira, segundo a polícia, ficou desfigurado. Moradores do sítio tentaram intervir, mas não conseguiram fazer o lutador parar com as agressões.

A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu assim que chegou ao hospital local.

Após cometer o crime, o lutador de jiu-jitsu fugiu em um carro vermelho. Ele é procurado pela polícia da região.

Portal Correio

Preso suspeito de roubar cofre com R$ 22 mil em João Pessoa



O homem suspeito de roubar cerca de R$ 22 mil do cofre de uma empresa em João Pessoa foi preso, na noite dessa quarta-feira (30), no bairro de Mandacaru. Ele estava na casa da companheira. “Parte do valor do roubo foi encontrado em uma sacola escondida no quintal da casa da namorada do autuado”, informou o delegado Braz Morroni.

O roubo aconteceu na manhã da terça-feira (29) e foi registrado por câmeras de segurança. As imagens mostram o momento em que o suspeito chega à loja armado, toma um homem como refém e em seguida aparece saindo com o cofre da empresa.

As equipes policias continuam em busca de outros envolvidos no crime, que, inclusive, já foram identificados.

Portal Correio

Homem é preso suspeito de abusar sexualmente de criança, na PB: 'ele tocou no meu segredo'



Um homem de 64 anos foi preso em flagrante na noite desta quarta-feira (30) suspeito de abusar sexualmente de uma criança de sete anos, em João Pessoa. De acordo com a delegacia da mulher, o homem foi flagrado pela própria mãe enquanto tocava nas parte íntimas da criança.

A criança confirmou todos os fatos à Polícia Civil e disse que chamava o homem de "vôzinho". De acordo com a delegada Cristiane Medeiros, o homem é da cidade de São Paulo, estava visitando João Pessoa e seria parente da avó da vítima.

Conforme depoimento da criança à polícia, a situação já se repetiu outras duas vezes. Quando revelou à delegada o que aconteceu, a menina disse que ele começou tocando os pés dela, depois as pernas e, em seguida, as partes íntimas. "Ele tocou o meu segredo", revelou a criança.

G1 PB

Homem entra com cavalo em agência bancária, e imagem viraliza na web



Uma cena inusitada chamou a atenção de clientes de um banco na cidade de Várzea Paulista (SP). Um cliente entrou com um cavalo em uma agência para realizar uma transação bancária.

A imagem do cavalo na área dos caixas eletrônicos viralizou na internet. O animal aparece ao lado do dono, enquanto ele está no caixa eletrônico.

Um funcionário do banco, que pediu para não ser identificado, disse ao UOL que o animal não fez sujeira na área em que transitou e que a agência está funcionando normalmente.

A porta de acesso da área dos caixas eletrônicos é comum, não é giratória, por isso o animal conseguiu entrar. Segundo o funcionário do banco, a porta giratória dá acesso a outra parte do banco. 


A agência bancária fica localizada na avenida Fernão Dias Paes Lemes, no Centro de Várzea Paulista. Não há informativo nesta área do banco proibindo a presença de animais no local.

De acordo com a TV TEM, que encontrou o cavalo pelas ruas de Várzea Paulista, o animal é mestiço e foi adotado há dois anos. 

Em nota, o Itaú Unibanco afirmou que recomenda que não se entre com animais em suas agências "por questões de segurança dos demais clientes e do próprio animal".

O banco destacou ainda que não há nenhuma proibição para casos como este ocorrido na agência em Várzea Paulista. 

O Itaú Unibanco disse ainda que "não houve danos à estrutura da agência, que opera normalmente."

UOL

Em Pocinhos, homem morre após sofrer picada de maribondo



O município de Pocinhos termina esta quarta-feira, dia 30, enlutado, pela morte de um homem identificado por Lourinaldo Pinto, mais conhecido por “Lourinho”. A vítima faleceu após ser encaminhado para um hospital, após sofrer a picada de maribondo.
Segundo informações, Lourinho era alérgico, o que acabou ocasionando a sua morte. A vítima é filho do falecido “Dedé das Plantas”, e irmão de Francinaldo, ex-candidato a vereador no município.
De acordo com o boletim médico, após sofrer a picada, ele teve duas paradas cardíacas, acabou não resistindo e veio a òbito. As informações são do jornalista Ubiratan Cirne.
Com Se Liga PB

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Adolescente é presa após tentar assaltar ônibus com arma de fogo em JP; comparsas fugiram


Uma adolescente de dezessete anos foi detida na tarde desta quarta-feira (30) suspeita tentando assaltar um ônibus em Cruz das Armas, bairro da zona sul de João Pessoa.
Ela estava com um revólver municiado dentro de uma mochila escolar e tentou realizar o crime com outros dois comparsas, que fugiram com a chegada da polícia.
As autoridades policiais acompanharam a menor até a sua casa, onde foram encontradas várias porções de drogas.
Mais informações em instantes.
Portal do Litoral

Homem é preso suspeito de invadir fábrica e esfaquear ex-esposa, em Campina Grande


Um homem foi preso suspeito de tentar matar a ex-esposa dentro de uma fábrica de biscoitos, no Distrito Industrial de Campina Grande, no Agreste paraibano. O fato aconteceu na manhã desta quarta-feira (30), no bairro do Tambor.
Jean Carlos Gomes Silva, de 40 anos, teria conseguido um uniforme para entrar com facilidade na empresa e abordar a vítima. Roberta Mendes de Souza, de 39 anos, foi ferida no rosto.
Os vigilantes da fábrica renderam o homem e o entregaram à Polícia Militar. O suspeito foi levado à delegacia.
A mulher ferida foi socorrida ao Hospital de Trauma de Campina Grande, sem risco de vida.
Portal do Litoral

Cinco quilos de cocaína são achados em porta-malas de táxi no Sertão



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na manhã desta quarta-feira (30) um homem de 37 anos com 5 kg de cocaína, durante abordagem no município de São Mamede, Sertão da Paraíba.

A prisão ocorreu na Unidade Operacional da PRF, localizada no quilômetro 310 da BR 230. Um táxi que transportava cinco passageiros foi parado para vistoria. A droga estava no porta-malas do veículo em uma bagagem. Ao realizar a vistoria, a PRF identificou nove tabletes de cocaína, pesando 5 kg.

O homem detido não tinha passagem pela polícia e informou aos policiais que entregaria a droga na rodoviária de João Pessoa. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil de São Mamede.

Portal Correio

Mega-Sena sorteia prêmio acumulado de R$ 35 milhões



A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (30) o prêmio acumulado de R$ 35 milhões. As seis dezenas do Concurso 2.203 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo. O sorteio é aberto ao público.

De acordo com a Caixa, caso aplicado na poupança, o prêmio principal poderia render mais de R$ 103 mil por mês. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 3,50.

Agência Brasil

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Policial lotado no 9º BPM/PB é morto a tiros na divisa da Paraíba com o Rio Grande do Norte

Cabo Edmont (Foto: Reprodução)


Na tarde desta terça-feira (29) um policial militar foi confundido e morto a tiros na divisa entre os estados paraibano e potiguar. O caso aconteceu no Distrito de Cachoeirinha, em Tacima, na Paraíba.

Informações dão conta que o policial identificado como Cabo Edmont, era lotado no 9º Batalhão de Polícia Militar, em Cuité, e trabalhava na cidade de Picuí, Seridó da Paraíba. Há relatos que o policial estava entregando cestas básicas quando uma guarnição policial do Rio Grande do Norte teria confundido a vítima com bandido.

De acordo com informações preliminares, os policiais do Rio Grande do Norte foram cumprir um mandado de prisão na referida cidade, quando o policial teria passado em um veículo Strada cheio de cestas básicas e, neste momento, cerca de três policiais à paisana teriam o abordado.

O policial achando que seria assalto, efetuou fuga e foi alvejado. Ele bateu o carro. O caso está sendo investigado pelas polícias dos dois estados.

Com informações do Blog do Pedro Júnior

Goleiro Bruno tem contrato rescindido após 45 minutos em campo

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Vinte e três dias depois da apresentação e da estreia, na qual foi ovacionado em campo e posou para selfies com torcedores, Bruno Fernandes, 34, rescindiu o contrato com o Poços de Caldas FC, time da cidade homônima, em Minas Gerais. A informação foi confirmada pelo presidente do clube nesta segunda-feira (28).
Bruno disputou apenas uma partida com o time, a sua estreia no dia 5 de outubro. A reportagem tentou contato com a advogada dele, mas não teve retorno.
O ex-goleiro do Flamengo conseguiu progressão ao regime semiaberto em julho. Ele cumpre pena de 20 anos e nove meses pelo assassinato de Eliza Samudio, ocorrido em 2010.
A pena inicial era de 22 anos e três meses, mas foi reduzida pela prescrição do crime de ocultação de cadáver. Em setembro de 2017, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais validou a certidão de óbito de Eliza. O corpo dela nunca foi encontrado.
Segundo o presidente Paulo César da Silva, a decisão foi um consenso dos dois lados e eles ainda vão discutir detalhes da rescisão. O contrato era válido até janeiro de 2020.
"A gente não consegue contar com o atleta. É complicado, entendeu? Em 60 dias de contrato, ele jogou 45 minutos, a Justiça não libera para ele treinar. É uma coisa que se torna difícil para o clube, você manter um salário alto de um jogador do nível dele para não usar", afirmou Paulo César à Folha de S.Paulo.
Paulo César disse ainda que a Justiça negou pedidos da defesa de Bruno para que ele pudesse treinar em Poços de Caldas e jogar com o time em cidades vizinhas. A estreia dele chegou a ser adiada em setembro por questões legais. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais não retornou ao contato.
Ao jornal O Tempo, a advogada de Bruno disse que o contrato foi desfeito porque o clube não pagou o salário e não cumpriu com obrigações acordadas. Ela afirmou ainda que ele estaria analisando outras propostas.
Em 2017, Bruno assinou com o Boa Esporte, de Varginha, mas voltou à prisão depois de dois meses por determinação da Justiça. 
O salário de Bruno era o mais alto do elenco, disse Paulo César. Ele não quis revelar valores, alegando questões de contrato. "Mas não é um jogador barato, não. É um jogador caro", salientou.
O Poços de Caldas FC não tem renda atual, segundo o presidente, e as entradas dos jogos costumam ser doações em alimentos. Além do salário, o clube alugava um local para que Bruno treinasse em Varginha, cidade onde cumpre pena, e o combustível das viagens.
O clube, que ficou parado por um ano e sete meses, deve disputar a terceira divisão do campeonato mineiro no ano que vem. Isso só ocorrerá no segundo semestre. A comissão técnica também deixou o clube nas últimas semanas por questões de valores.
Paulo César alega que os jogadores da equipe não estão inscritos na federação, porque ainda estão sendo avaliados, para só depois terem contrato assinado.
"Quem sabe tenha a possibilidade de [Bruno] disputar o mineiro conosco, se não tiver nenhum clube. Mais para a frente o clube vai ter caixa, vai estar mais organizado", afirmou o dirigente.

Por FERNANDA CANOFRE/FOLHAPRESS

Recém-nascida sobrevive após cair de incubadora em UTI neonatal


Um grave acidente dentro da UTI neonatal de uma das maiores maternidades de Belém, no Pará, ganhou o país, nessa segunda-feira (28). A pequena Roberta, hoje com oito meses, sobreviveu após cair de uma incubadora da Maternidade Saúde da Criança. Tudo foi registrado pelas câmeras de segurança do hospital.

Nas imagens, é possível ver quando uma enfermeira deixa a criança na incubadora, mas só trava um lado do equipamento. Roberta, na época com três meses, começa a ficar agitada. Quando ela se vira, uma das portas abre e ela cai de cabeça no chão. A mesma enfermeira que a deixou na incubadora corre para socorrê-la, mas, quando os pais chegam, finge que nada aconteceu. Com a queda de uma altura aproximada de 1,5 metro, a criança sofreu fraturas na clavícula e traumatismo craniano.

“Ela (enfermeira) poderia ter pego a criança, ter protegido, levado para o bloco cirúrgico, mas nem ligaram para comunicar o que tinha acontecido. É um bebê. É um ser humano. Quando eu cheguei, minha filha estava molezinha, totalmente desnorteada e molhada. Perguntei o que houve, a técnica virou para mim e disse que deu banho nela e estava fazendo ela dormir. Foi uma outra mãe que estava na UTI que me contou o que tinha acontecido”, desabafou a mãe da criança.

A queda da criança ocorreu em maio, mas a história só veio à tona agora, pois a família acionou a Justiça e a polícia para denunciar a negligência e omissão de socorro. Através de nota à imprensa, a direção do hospital Maternidade Saúde da Criança informou que não prestará qualquer informação e não discutirá qualquer incidente.

OP9

Homem tem mal súbito e morre durante vaquejada no RN; evento continua e corpo só é recolhido após 6 horas



O corpo de um homem de 55 anos que teve um mal súbito e morreu durante uma vaquejada só foi recolhido quase seis horas depois. E enquanto o instituto legal não chegava ao local, o evento continuou, com o corpo na arquibancada. O caso aconteceu na tarde do domingo (27) no município de Santo Antônio, distante cerca de 60 quilômetros de Natal.

Gilson Rodrigues da Silva assistia a vaquejada no Parque Arapuá, por volta 13h30, quando teve um mal súbito e morreu. Ao perceberem a morte, as pessoas acionaram a Polícia Civil, mas o evento continuou normalmente.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia foi acionado para recolher o corpo, mas chegou ao local às 19h13. Durante as quase seis horas, o corpo ficou na arquibancada do parque de vaquejada, dividindo espaço com os espectadores do evento.

Em nota, o Itep informou que só foi acionado às 17h, quando a ocorrência foi registrada no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). Já a Polícia Civil informou que a equipe de Plantão comunicou o fato ao Ciosp às 15h, mas nesse horário já havia registro da morte no sistema.

Já o proprietário do parque Arapuá disse que o evento continuou porque não houve nenhum acidente ou morte violenta.

G1 RN

Criança de 11 anos, morre após AVC, em Alagoa Nova



Uma criança de 11 anos, morreu depois de um ter um Acidente Vascular Cerebral – AVC. O caso ocorreu no último domingo (27), em Alagoa Nova. Uma criança, sentiu fortes dores de cabeça, começou a se sentir mal. A mãe de Ericka a cabeleireira Eliane Silva ficou preocupada e o levou para realizar um exame detalhado, no Hospital o médico informou que o menino precisava ficar internado para a realização de mais exames.

Erick da Silva de Jesus sentiu uma forte dor de cabeça, foi socorrido pela equipe da Samu local e o levaram para o Hospital de Emergência e Emergência de Campina Grande e foi diagnosticado com um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Segundo informações, Erick de Jesus passou por uma cirurgia no último domingo e após a realização da segunda cirurgia Erick não resistiu e veio a óbito ainda no Hospital de Trauma em Campina Grande.

Blog do Fabiano Moura

Cão dos bombeiros de MG que atuou em Brumadinho e Mariana morre por problemas de saúde



O cão Thor, considerado um dos melhores em buscas do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, morreu devido a diversos problemas de saúde no último fim de semana.

Segundo a corporação, entre as diversas missões, Thor atuou em buscas nos desastres da Samarco, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais, em 2015; e da Vale, em Brumadinho, na Região Metropolitana, em janeiro deste ano.


Cão dos bombeiros de MG que atuou em Mariana e Brumadinho morre por problemas de saúde — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

O cão era da raça border collie, e tinha 5 anos e 2 meses. A causa da morte consta como septicemia relacionada a um quadro de pancreatite, e ele ainda estava com leishmaniose. Conforme os bombeiros, Thor também teve o intestino delgado rompido pela presença de corpo estranho e hemorragia.

O animal era considerado uma referência nacional na localização de pessoas desaparecidas, e encontrou diversas vítimas em suas missões, de acordo com os militares.

Thor era lotado no canil do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres (BEMAD). O corpo dele será cremado em cerimônia fechada.
Cão Thor morreu por diversos problemas de saúde — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Thor era considerado referência nacional em busca de desaparecidos, segundo bombeiros — Foto: Reprodução/TV Globo




G1 Minas

Caneta Azul: Autor de música vai a cartório registrar direitos autorais do hit


O autor da música 'Caneta Azul' foi nesta segunda-feira (28), a um cartório na cidade de Balsas (MA), onde mora para dar início ao processo de registro dos direitos autorais. Manoel Gomes foi ao cartório acompanhado de seu advogado Arnaldo Gomes, e aproveitou para solicitar também o registro de outra composição de sua autoria “Vou Deixar de Ser Besta”.
A canção começou a viralizar quando o comediante Tirulipa gravou uma
versão própria nos Stories do Instagram. Rodrigo Faro, Wesley Safadão e
Tiririca entraram na onda.
Além do sucesso nas redes sociais, ele foi convidado para participar de shows com alguns artistas. No último sábado (26), dividiu palco com Thiago Brava, em Palmas (TO).

clickpb

Mulher 'engolida' por portão ficou presa por uma hora em garagem, diz filha


O vídeo de uma mulher que foi "engolida" por um portão automático enquanto caminhava por uma calçada viralizou nas redes sociais no último fim de semana. Enquanto faziam inúmeras piadas com a situação, internautas tentavam descobrir quem era a mulher que aparecia nas imagens e onde elas foram gravadas. O mistério foi solucionado por uma das filhas dela, Thaís Oliveira, que comentou o assunto em seu perfil no Twitter.
Segundo Thaís, a situação inusitada ocorreu em Goiânia, Goiás, no início do mês, mas o dono da residência compartilhou as imagens das câmeras de segurança neste fim de semana nas redes sociais. Ela conta que a mãe ficou por cerca de uma hora no local e foi resgatada após pedir ajuda para uma mulher que varria uma calçada na mesma rua.
"Ela subiu numa pia e tinha uma mulher varrendo a rua. Daí ligou pra minha irmã, depois conseguiram contatar o dono da casa", contou Thaís.
A filha disse ainda que ficou "preocupadíssima" com a mãe no dia, mas ressaltou que como o desfecho da história não foi ruim, "agora só resta rir" da situação.

"Eu fiquei preocupada mais cedo por achar que ela ficou triste, mas ela está rindo também.Poderia ter sido pior. Tinham dois pitbulls presos e quando o dono da casa chegou ele disse que eles adoram pular", relatou.

Extra