quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Estudantes são hospitalizados depois de pintura em escola

Segundo a prefeitura, a pintura da unidade de ensino vem sendo realizada em áreas isoladas, por etapas e com materiais adequados. Foto: Google Maps/Reprodução

Alunos da Escola Municipal Teresa Neuma Pereira Pedrosa, em Caruaru, no Agreste, precisaram ser socorridos após passarem mal na terça-feira (10) depois da realização de um serviço de pintura no imóvel. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para atender os estudantes. Doze deles foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento da Boa Vista.

Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram os alunos passando mal por conta do cheiro forte da tinta. Segundo a prefeitura de Caruaru, alguns estudantes foram atendidos na própria escola e liberados. Dos 12 alunos levados para a UPA Boa Vista, dez já receberam alta.

A prefeitura alega que a pintura da unidade de ensino vem sendo realizada em áreas isoladas, por etapas e com materiais adequados. Já a Secretaria de Educação esclarece que as aulas seguem normalmente na unidade.

Segundo caso em menos de um mês
Este é o segundo caso do tipo registrado em Caruaru em menos de um mês. No dia 14 de agosto, oito estudantes da Escola Municipal Professor Machadinho passaram mal por conta de um serviço de pintura na quadra e precisaram receber atendimento médico. Na ocasião, a Secretaria de Educação de Caruaru declarou que a quadra não ficava perto das salas de aula e que a gestão da escola orientou os alunos a não utilizarem o espaço enquanto a pintura não fosse concluída.

OP9


Relacionadas

Estudantes são hospitalizados depois de pintura em escola
4/ 5
Oleh

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial