sexta-feira, 26 de julho de 2019

Mais 22 tornozeleiras eletrônicas são colocadas em apenados do regime semiaberto


Mais 22 tornozeleiras eletrônicas foram colocadas, na manhã desta sexta-feira (26), em apenados do regime semiaberto do Presídio do Monte Santo, localizado em Campina Grande. O objetivo é esvaziar todo o Presídio, que possui 270 presos para permitir as reformas que estão previstas e abrir vagas para receber os presos de menor periculosidade do Complexo Penitenciário do Serrotão. Até o momento, 137 reeducandos estão utilizando o equipamento.
O juiz que está respondendo pela Vara de Execução Penal (VEP) da Comarca de Campina Grande, Vladimir José Nobre, informou que “a intenção é aumentar o número de vagas para o regimento fechado, evitando a superpopulação carcerária no Serrotão”, acrescentou. Além de desafogar o sistema prisional do Monte Santo, segundo o juiz, a utilização do equipamento permite um controle mais efetivo da população carcerária.
Após a conclusão dessa fase, os apenados do regime aberto também serão contemplados. O magistrado informou, ainda, que o número de tornozeleiras colocadas nesta sexta foi menor do que na semana passada, pois os equipamentos não foram enviados a tempo e, por este motivo, o prazo para a conclusão será estendido.
Na última sexta-feira (19), 55 apenados passaram a utilizar a tornozeleira eletrônica e na semana anterior, 60 presos receberam o equipamento. A medida cumpre uma portaria editada pela VEP de Campina Grande, que deu início à implementação do Sistema de Monitoramento Eletrônico na unidade prisional.
Portal do Litoral 


Relacionadas

Mais 22 tornozeleiras eletrônicas são colocadas em apenados do regime semiaberto
4/ 5
Oleh

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial