domingo, 30 de junho de 2019

Polícia identifica e recaptura mais um procurado pela Justiça no Parque do Povo


O sistema de reconhecimento facial, instalado nas entradas do Parque do Povo, tem auxiliado e muito no trabalho da Polícia Militar.
Na noite desta sexta-feira (28) mais um foragido da justiça foi identificado e preso assim que passou por um dos portões de acesso ao interior do Parque.
O flagrado trata-se de Sandro Victor Galdino.
Contra ele havia dois Mandados de Prisão por quebra de albergue.
A pena é por roubo.
Ele foi encaminhado direto ao Monte Santo e ainda tentou argumentar que não era procurado pela justiça.
Tentando “reforçar” sua defesa, Sandro ainda perguntou “onde ficava” o Albergue Monte Santo.
Outras prisões feitas através do monitoramento facial
Através das imagens das câmeras de segurança de reconhecimento facial instaladas no Parque do Povo, em Campina Grande, quatro foragidos do sistema prisional já haviam sido presos. As prisões aconteceram entre sábado (22) e domingo (23). Dos detidos, três cumprem pena em regime semiaberto no Presídio Agnelo Amorim Filho.
De acordo com a Polícia Militar, um dos presos responde pelo crime de lesão corporal grave, um estava com um mandado de prisão em aberto pela Lei Maria da Penha e os demais respondem por tráfico de drogas.
Reconhecimento Facial no Parque do Povo
A tecnologia de reconhecimento facial está sendo utilizada durante todo o período junino. O sistema é uma solução em segurança digital que utiliza a câmera 360 graus Speed Dome e é capaz de encontrar uma pessoa com um zoom de até dois quilômetros de distância. Além câmeras 360º, 265 câmeras foram instaladas no Quartel General do Forró.
Portal do Litoral 


Relacionadas

Polícia identifica e recaptura mais um procurado pela Justiça no Parque do Povo
4/ 5
Oleh

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial